UFOTVONLINE - Notícias de outro mundo

Usina no Mar, energia sem fim

Image converted using ifftoany

A Lockheed Martin anunciou ontem que está formando uma parceria com o Reignwood Group, de Pequim, para construir uma usina de 10MW que utiliza a diferença entre a água da superfície aquecida pelo sol e a água gelada das profundezas para alimentar um desenvolvimento imobiliário de baixo consumo de carbono planejado para a ilha de Hainan, no sul da China. Vai ser a maior usina OTEC comercial já criada quando estiver finalizada em 2017.

O desafio de engenharia principal para esses sistemas está em como extrair mais energia da água do mar do que o que é preciso para bombeá-la das profundezas. O sistema é somente 6% eficiente em condições ideais (a maior parte dos projetos de OTECs ficam entre 2% e 3% de eficiência). Mas no que perde em eficiência, o OTEC ganha em resistência. Esses sistemas podem produzir energia 24 horas por dia, 7 dias por semana, diferentemente de usinas eólicas ou de energia solar que dependem do vento ou do sol.

As usinas também são limitadas a área em que há, pelo menos, 40 graus na diferença da temperatura da água durante o ano inteiro (leia: os trópicos e uma pequena faixa da costa atlântica) e a água profunda está bem perto da costa (a não ser que você construa uma plataforma OTEC flutuante, já que neste caso você pode colocá-la onde quiser).

Fonte:  Gizmodo