U F O L O G I A

Você ainda tem alguma dúvida?

 

A cada 15 minutos acontece uma aparição e Objeto Voador Não Identificado ao redor do planeta Terra;

• Não é fato recente o avistamento de naves. Veja o relato de um soldado romano, no ano de 98 d.c: “um escudo brilhante cortou o céu de Roma. Ele lampejou de oeste para leste”;

• Em 1875, foi descoberto num templo Indiano o texto “Vaimanika Sastra”, datado do séc.IV a.c e escrito por Bharadvajy – o sábio. Trata-se de informações sobre o manejo de naves: pilotagem, precauções para vôos prolongados, proteção contra tempestade e raios, e maneira de alimentação das naves com energia solar ou propulsão gravitacional;

• Na Idade Média, Carlos Magno baixou um decreto condenando todos os que tiveram contato com os “voadores”, por se sentir ameaçado em seu governo, tanto eram suas aparições naquela época;

• Os Estados Unidos da América negavam qualquer envolvimento com pesquisas sobre extraterrestres...até que, em 1974, vazaram informações de que a NASA tinha um relatório com cerca de 400 casos de avistamentos de objetos voadores não identificados (com fotos, depoimentos, etc)...;

• O Katjur, dos Tibetanos, descreve as “Vimanas”, ou naves, em formas de fuso, sempre girando na órbita da Terra, à espera de embarques em massa de terrestres – cerca de 1.000 passageiros por vez;

• No Brasil, ocorre pelo menos um avistamento de nave por dia;

• O Manuscrito antigo “Saramangana Sutradhara”, de Mahabharata , Índia , dedica 230 páginas para descrever, com minúcia , a construção de Vimanas – aeronaves – bem como seus diversos empregos. Afirmava que tais máquinas eram movidas por uma energia extraída do mercúrio aquecido no espaço.( hoje os cientistas já pesquisam esta possibilidade);

• As grandes descobertas da humanidade já estavam descritas nas epopéias indianas de milênios atrás: a bomba atômica, a fissão nuclear, os aviões, a guerra química, as viagens para outros planetas. Hoje, a física subatômica começa a procurar, nas páginas do Hinduísmo, subsídios para o comportamento dos átomos e das partículas subatômicas como mésons, quartz, handrions, etc...